Presidente de Taiwan visita hospital após acidente de trem que deixou mortos e feridos

Em Taiwan, vagões de trem estão sendo removidos do local em que aconteceu um acidente fatal na sexta-feira. A presidente Tsai Ing-wen visitou um hospital para ver as pessoas que ficaram feridas na tragédia.

Um trem expresso de 8 vagões descarrilou na manhã de sexta-feira em um túnel no condado de Hualien, na região leste de Taiwan, deixando 50 mortos e mais de 170 feridos.

No sábado, dois dos três vagões traseiros, que pararam antes de entrar no túnel, foram içados por guindaste e colocados em novos trilhos instalados ao longo da noite. Posteriormente, foram conectados a uma locomotiva para serem rebocados.

Os vagões dentro do túnel estão bastante danificados e considerados difíceis de serem removidos. Autoridades da ilha afirmam que serão necessários cerca de sete dias para o reinício das operações ferroviárias em caráter integral.

Tsai Ing-wen visitou um hospital no condado na manhã de sábado para se encontrar com as pessoas que ficaram feridas no acidente. Mais tarde, ela disse a repórteres que fará o possível para oferecer o máximo de auxílio aos sobreviventes e familiares dos falecidos.