Estrelas do tênis clamam pelo fim da discriminação contra asiáticos

Osaka Naomi, Nishikori Kei e outras estrelas do tênis clamaram pelo fim da violência e da discriminação contra a comunidade asiática nos Estados Unidos.

As entidades que regem os torneios masculino e feminino de tênis, ATP e WTA, publicaram um vídeo dos atletas no Twitter.

A mensagem diz que ambas entidades se posicionam de forma unida contra qualquer forma de ódio ou discriminação e condena os recentes atos de violência e intolerância que atingem comunidades asiáticas.

Osaka disse esperar que as pessoas comecem a respeitar e a amar não somente a cultura, mas também povo asiático.

Nishikori afirmou ser contra todas as formas de discriminação, com os dizeres “por favor, parem com o ódio contra asiáticos”.

De março do ano passado até fevereiro deste ano, uma organização que monitora discriminação contra americanos com ascendência asiática e nativos das ilhas do Pacífico reportou mais de 3.700 ocorrências de episódios de intolerância com alvo na comunidade dessas etnias.