Tóquio e Osaka se deparam com outra onda de casos de infecção

As autoridades estão planejando tornar mais rigorosas as medidas contra o coronavírus na província de Osaka, na região oeste do Japão, que confirmou, na terça-feira, o maior número de casos diários no país.

Autoridades do setor de saúde dizem que foram registradas mais de 400 novas infecções, o maior número desde que a declaração do estado de emergência foi retirada no mês de fevereiro.

O governador de Osaka, Yoshimura Hirofumi, disse, em uma coletiva de imprensa, que o número de casos está se elevando subitamente e que a situação da infecção na província é completamente diferente da semana passada. Yoshimura acrescentou que está pensando em tornar mais severos os regulamentos, especialmente para bares e restaurantes, de forma a conter a propagação.

Em Tóquio, foram contabilizados 364 casos, o segundo mais alto número observado. Este é o 11º dia consecutivo em que o total é mais alto do aquele confirmado na semana passada.

Especialistas no assunto exortam as autoridades de saúde a garantir mais leitos hospitalares para se prevenir contra o aumento repentino de casos graves.

Mais de 2.000 casos foram reportados em todo o país na terça-feira, e cerca de 370 pacientes se encontram em condições graves.