Navegação é retomada no Canal de Suez após 1 semana de paralisação

O tráfego de navios no Canal de Suez, no Egito, foi retomado depois de trabalhadores terem conseguido desencalhar um enorme navio cargueiro que bloqueava a passagem no canal.

O presidente do órgão regulador do Canal de Suez, Osama Rabie, disse que a via marítima foi reaberta às 18 horas da segunda-feira. Vídeos gravados pela entidade mostram o navio Ever Given, pertencente a uma empresa japonesa, desencalhado e se movendo vagarosamente no canal.

Rabie disse que o bloqueio da passagem reteve mais de 400 embarcações dentro ou nas proximidades do canal. Declarou que o órgão irá trabalhar 24 horas por dia para resolver o impacto da paralisação sobre a logística, mas alertou que o retorno à normalidade pode levar ainda cerca de 4 dias.

O Ever Given encalhou em uma das principais vias marítimas do mundo na terça-feira da semana passada. O órgão regulador do Canal de Suez liderou os esforços para desencalhar o navio. Após dias conduzindo dragagem e esforços de reboque, o navio foi finalmente desencalhado na segunda-feira.

A empresa dona do navio, a Shoei Kisen Kaisha, tem sede no oeste do Japão. A empresa publicou uma declaração em seu website informando que o Ever Given passará por uma checagem para avaliar danos uma vez que chegue ao Grande Lago Amargo, localizado em uma parte do Canal de Suez, e que serão feitos esforços para que ele retorne à sua rota marítima o mais cedo possível.