NHK Responde: Eficácia da vacina da Pfizer

A NHK responde a perguntas de ouvintes sobre o novo coronavírus. Dentro da série sobre vacinação, esta edição trata da eficácia da vacina criada pela companhia farmacêutica americana Pfizer em parceria com a alemã BioNTech.

Segundo um informe sobre os resultados de testes clínicos realizados, 43.448 pessoas participaram do teste da fase final.

A eficácia da vacina foi avaliada por meio da comparação de um grupo de pessoas que receberam uma inoculação da vacina com outro grupo de pessoas que receberam um placebo, ou seja, uma substância inócua.

Na análise de 18.198 indivíduos de um total de 21.720 que, não tendo até então contraído a Covid-19, foram vacinados, oito apresentaram sintomas de infecção pelo vírus após os testes.

Já 18.325 indivíduos de um total de 21.728 aos quais foi ministrado o placebo, 162 apresentaram sintomas.

Deste modo, concluiu-se que a vacina tenha 95% de eficácia na prevenção da Covid-19 sintomática.

Estas informações, atualizadas em 29 de março, estão no site e nas redes sociais da NHK WORLD-JAPAN.