Construtoras no Japão investem em concreto ecológico

Construtoras japonesas esperam ser capazes de reduzir suas emissões de carbono ao substituir o concreto convencional com variedades que são mais ecológicas.

A empresa Taisei criou um produto que não utiliza o cimento, grande responsável por emissões de carbono. Em seu lugar, a fórmula contém carbonato de cálcio, uma substância desenvolvida para prender o dióxido de carbono.

Funcionários da empresa afirmam que, em um metro cúbico de seu concreto, podem ser contidos 170 quilogramas de gases causadores do efeito estufa.

Uma outra empresa, Kajima, já está utilizando concreto misturado com dióxido de carbono em ruas e estacionamentos. A firma agora está pesquisando formas de utilizar o material na construção de prédios.