Setor industrial mais otimista no Japão é previsto para resultados da pesquisa Tankan

Institutos privados anteveem um retorno da confiança empresarial a níveis pré-crise viral entre grandes fabricantes em resultados de pesquisa do Banco do Japão aguardados para breve. Estão na expectativa, contudo, de que outros negócios, como os de hotéis e restaurantes, antevejam uma recuperação mais retardada.

Estão para ser divulgados no dia 1º os resultados da pesquisa trimestral Tankan, feita com a consulta a cerca de 10 mil empresas sobre a sua confiança no presente estado da economia.

Quinze institutos de pesquisa do setor privado publicaram previsões sobre os resultados do levantamento. A sua expectativa é de que, por conta de crescentes exportações para a China e outros países, a confiança entre grandes fabricantes apresente melhora em relação aos dez pontos negativos registrados em dezembro.

Segundo as previsões, o índice apresentará média de zero entre grandes empresas industriais, o que empataria com o nível registrado em dezembro de 2019, antes do início da propagação do coronavírus.

Os institutos anteveem, porém, um quadro menos favorável entre empresas de outros setores. A expectativa é de que negócios fora do setor industrial apresentem média de cinco pontos negativos, exatamente como no levantamento de dezembro do ano passado.