Premiê japonês quer discutir com Biden questões relacionadas à Coreia do Norte

O primeiro-ministro do Japão espera ser capaz de discutir questões norte-coreanas, incluindo o recente lançamento de mísseis balísticos por Pyongyang, em reunião de cúpula com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, a ser realizada em breve.

Suga Yoshihide expressou a expectativa nesta sexta-feira em encontro de uma comissão da Câmara Alta do Parlamento japonês.

Ao comentar o disparo de mísseis feito quinta-feira pela Coreia do Norte, declarou que o ato ameaça a paz e a segurança do Japão e é intolerável. Acrescentou que o governo japonês precisar reforçar mais e mais a vigilância e o monitoramento diante de iniciativas semelhantes.

Indagado se a questão terá destaque na cúpula nipo-americana do próximo mês, Suga respondeu que prefere abster-se de falar sobre possíveis tópicos por enquanto.

Manifestou, porém, a expectativa de coordenar estreitamente pontos de vista com o presidente dos Estados Unidos a respeito de políticas em relação à Coreia do Norte, incluindo o seu programa de mísseis. Afirmou que deseja tratar da questão no encontro.