EUA dizem que aliados devem trabalhar juntos para superar desafios representados pela China

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, afirmou que a crescente assertividade da China é uma ameaça urgente à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Ele exortou os aliados a trabalhar juntos para superar os desafios representados pela China.

Na quarta-feira, Blinken proferiu um discurso no quartel-general da Otan, em Bruxelas, na Bélgica, em sua primeira viagem à Europa desde que assumiu o cargo. O secretário de Estado denunciou a China por suas crescentes capacidades militares e por ameaçar a liberdade de navegação na região Ásia-Pacífico. Ele disse que Pequim faz uso cada vez maior do acesso a recursos essenciais, mercados e tecnologias para pressionar aliados dos Estados Unidos.

Segundo Antony Blinken, se os aliados trabalharem juntos para tornar real sua visão positiva em prol da ordem internacional, eles poderão superar a China ou quem quer que seja em qualquer campo de atuação.