Meganavio encalhado no Canal de Suez interrompe carregamentos globais

Um enorme navio que encalhou terça-feira no Canal de Suez, no Egito, tem causado preocupações de que carregamentos globais possam ser interrompidos, já que os esforços para abrir caminho para navegação ainda não tiveram sucesso.

O meganavio ficou encalhado em rota partindo do Mar Vermelho a caminho do Mar Mediterrâneo, após ter sido atingido por uma tempestade de vento. A embarcação pertence a Shoei Kisen, do oeste do Japão, e é operada pela Evergreen Marine Corp, de Taiwan. O navio tem 400 metros de comprimento.

A operadora emitiu um comunicado informando que “rajadas de ventos de 30 nós (aprox. 55km/h) levaram o navio cargueiro a desviar de sua rota, o que suspeita-se que tenha causado o encalhe”.

Mais de 100 navios permanecem imobilizados, incapazes de entrar ou de cruzar o canal. A Autoridade do Canal de Suez despachou rebocadores para tentar remover a embarcação.

O Canal de Suez é uma importante via fluvial de transporte de cargas, com mais de 18 mil embarcações passando pela rota anualmente.