Fabricantes japonesas de vacina para coronavírus iniciam testes clínicos

Duas empresas farmacêuticas japonesas deram início, na segunda-feira, a testes clínicos para suas vacinas para o coronavírus. No total, quatro empresas estão realizando testes no Japão de vacinas produzidas nacionalmente.

A empresa Daiichi Sankyo informou que um total de 152 adultos saudáveis estão participando de seus testes. Disse que os pesquisadores irão checar a segurança de sua vacina e se anticorpos são criados, além de tentar determinar o número de doses recomendadas.

O produto da Daiichi Sankyo é do mesmo tipo de vacina desenvolvida pela Pfizer, que utiliza mRNA. Inoculações com a vacina da Pfizer já estão em andamento no Japão.

A KM Biologics é a outra empresa que também iniciou os testes clínicos de sua vacina, contando com a participação de 210 adultos saudáveis. O seu produto é uma vacina que utiliza o vírus vivo atenuado, o mesmo tipo que as vacinas para a influenza.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social do Japão afirma que as duas se tornaram a terceira e quarta empresas farmacêuticas a realizarem tais testes com vacinas desenvolvidas nacionalmente, seguindo-se à Shionogi e à AnGes.