Coreia do Norte fecha sua representação diplomática na Malásia

A Coreia do Norte fechou sua embaixada na Malásia após ter anunciado que cortará relações com Kuala Lumpur devido à extradição de um cidadão norte-coreano para os Estados Unidos por suposto envolvimento em lavagem de dinheiro.

A embaixada foi fechada no domingo. Um diplomata norte-coreano leu uma declaração para a imprensa criticando a extradição, dizendo considerá-la um crime imperdoável.

O diplomata alertou que a Malásia terá de arcar com toda a responsabilidade por todas as consequências que venham a ocorrer nas relações entre os dois países.

Acredita-se que um ônibus tenha partido com destino ao aeroporto levando os diplomatas norte-coreanos e seus familiares para que retornassem a seu país.

O governo da Malásia ordenou que funcionários da embaixada norte-coreana e seus familiares deixassem o país, após o anúncio feito por Pyongyang na sexta-feira.

Anteriormente, os dois países mantinham relações amigáveis. No entanto, as relações ficaram desgastadas após Kim Jong Nam, meio-irmão do líder supremo Kim Jong Un, ter sido assassinado em um aeroporto na Malásia, em 2017.