Bebê com coronavírus pode ter sido infectado pela mãe no Japão

Um grupo de pesquisadores japoneses afirma que um bebê recém-nascido pode ter contraído o coronavírus da mãe.

Membros da Sociedade Japonesa de Pediatria realizaram um levantamento em 1.124 instituições médicas que contam com departamentos pediátricos, em diversas áreas do Japão.

O estudo mostra que, até o final de agosto do ano passado, as mães de um total de 52 recém-nascidos em 31 instituições haviam contraído a covid-19.

Um dos recém-nascidos testou positivo para o coronavírus, mas acredita-se que o bebê não tenha tido nenhum problema de saúde.

Os pesquisadores afirmam que houve relatos no exterior de suspeita de contágio pelo coronavírus da mãe para o bebê.

O líder do grupo, professor Morioka Ichiro, da Escola de Medicina da Universidade Nihon, afirma que a probabilidade de que gestantes transmitam o vírus para seus bebês é baixa, e que recém-nascidos infectados tendem a apresentar sintomas leves. Segundo ele, mulheres grávidas não devem se preocupar em excesso, mas é necessário continuar a tomar medidas de precaução contra o vírus de maneira constante.