Segundo autoridades, fadiga de metal pode ter sido causa de falha em turbina de Boeing da United Airlines

Investigadores de acidentes dos Estados Unidos, citaram a fadiga de metal como um possível fator que contribuiu para a recente falha no motor de um avião Boeing 777 da companhia aérea United Airlines.

No sábado, o avião comercial realizou uma aterrissagem de emergência em Denver, no estado do Colorado, depois de uma explosão na turbina direita que resultou na queda de partes do motor numa área residencial.

O Conselho Nacional de Segurança nos Transportes (NTSB) está investigando a causa do incidente. Logo após a decolagem do aeroporto de Denver, a aeronave teve problemas na turbina. Segundo resultados preliminares, duas pás da turbina estavam quebradas e as restantes mostraram estragos.

Na segunda-feira, uma autoridade de alto escalão do conselho disse ser possível que o estrago em uma das pás tenha sido causado por fadiga de metal.

Os investigadores da NTSB estão examinando a turbina e as peças que foram recuperadas, e estão analisando fotos e vídeos feitos por passageiros para identificar a causa do acidente.