Washington ‘começou a se comunicar’ com o Irã

Um alto funcionário da Casa Branca afirma que os Estados Unidos ‘começaram a se comunicar’ com o Irã a respeito de cidadãos americanos detidos no país. Indicou, além disso, que Washington se dispõe a conversar sobre a questão nuclear diretamente com Teerã.

O assessor de Segurança Nacional, Jake Sullivan, fez estas declarações domingo em entrevista à rede de televisão CBS News.

Afirmou na entrevista: “Começamos a nos comunicar com os iranianos [sobre a questão das detenções] e vamos prosseguir fazendo o mesmo à medida que avançarmos.”

Quanto ao programa nuclear do Irã, Sullivan declarou: “[O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden,] está preparado para sentar-se à mesa e conversar com os iranianos [, pois] acredita que o melhor caminho seja uma diplomacia prática, realista.”

Em resposta, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Saeed Khatibzadeh, afirmou domingo na rede estatal de televisão que Teerã recebeu mensagens do novo governo americano através da Embaixada da Suíça em Teerã. A embaixada representa interesses dos Estados Unidos no país do Oriente Médio.

Contudo, segundo o porta-voz, os dois países não mantiveram nenhum contato direto.

Resta saber se Teerã aceitará negociar diretamente com Washington. O Irã tem insistido na exigência de que o governo americano suspenda todas as sanções impostas ao país antes de discutir um possível retorno ao acordo nuclear iraniano.