Chanceleres do Japão, EUA, Austrália e Índia realizam reunião sobre região Indo-Pacífico

Os chanceleres do Japão, Estados Unidos, Austrália e Índia realizaram conversação por telefone na quinta-feira para discutir a promoção de sua visão compartilhada de uma região Indo-Pacífico livre e aberta.

Participaram da ligação o ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Motegi Toshimitsu, o secretário de Estado Antony Blinken, a ministra das Relações Exteriores da Austrália, Marise Payne, e o ministro dos Negócios Estrangeiros da Índia, Subrahmanyam Jaishankar.

Motegi disse que os quatro países têm um papel cada vez mais importante em um momento em que a ordem internacional existente está sendo desafiada.

Ele também manifestou uma “séria preocupação” sobre uma lei chinesa adotada no início deste mês, a qual autoriza a guarda costeira da China a utilizar armas contra navios estrangeiros que forem considerados como tendo invadido suas águas territoriais.

Os chanceleres concordaram em “se opor veementemente a tentativas unilaterais e que se utilizem de força para mudar o status quo” nos Mares da China Oriental e Meridional, nos quais a China se engajou em atividades marítimas.

Também concordaram em aprofundar ainda mais o compromisso e a cooperação com a Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean), com nações insulares do Pacífico e com países europeus.

Os chanceleres concordaram ainda com a necessidade de se restaurar um sistema político democrático em Mianmar o mais rápido possível após o recente golpe militar no país. Também discutiram sobre a Coreia do Norte e a pandemia do coronavírus.