Hashimoto Seiko é escolhida oficialmente para chefiar comitê organizador dos Jogos de Tóquio

A ministra encarregada da Olimpíada e Paralimpíada de Tóquio, Hashimoto Seiko, foi escolhida oficialmente como a próxima presidente do comitê organizador dos Jogos. Ela vai suceder a Mori Yoshiro.

Hashimoto, de 56 anos de idade, disputou quatro Olimpíadas de Inverno como patinadora de velocidade e três Jogos Olímpicos de Verão como ciclista. Ao se aposentar como atleta, ela decidiu voltar suas atenções à política.

O painel de seleção realizou uma série de reuniões a portas fechadas para decidir quem deveria chefiar os organizadores nos últimos meses de preparativos. A escolha se concentrou no nome da ministra e, na quinta-feira, o conselho executivo oficializou sua nomeação.

Hashimoto Seiko terá a tarefa de liderar os organizadores para além da controvérsia internacional deflagrada por seu antecessor, Mori. Ele entregou o cargo na semana passada após tecer comentários sexistas que desencadearam uma forte reação adversa dentro e fora do país.