Indústria siderúrgica do Japão pretende eliminar emissões de CO2 até 2050

A indústria siderúrgica do Japão anunciou que pretende eliminar virtualmente as emissões de CO2 até 2050, bem antes da meta anteriormente anunciada, que era 2100.

A Federação Japonesa de Ferro e Aço disse que as empresas que integram a entidade vão incrementar as pesquisas sobre tecnologia que emprega hidrogênio em vez de carvão. Em tese, isso eliminaria as emissões de dióxido de carbono, mas traria vários desafios, já que os estudos ainda estão em sua infância.

O setor também pretende desenvolver tecnologia para a coleta de gases liberados durante o processo de produção para que os mesmos sejam mantidos no subsolo, em vez de serem liberados na atmosfera.

Autoridades do setor dizem estar comprometidos a atingir o objetivo de criar uma sociedade livre de emissões de carbono.