Nigeriana Okonjo-Iweala é nomeada diretora-geral da OMC

A ex-ministra das Finanças da Nigéria, Ngozi Okonjo-Iweala, é a nova diretora-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC).

A nomeação ocorreu durante uma reunião dos países-membros na segunda-feira. Okonjo-Iweala é a primeira diretora-geral do sexo feminino e de um país africano da entidade.

A nova diretora-geral da OMC também já foi chanceler da Nigéria, e ocupou o segundo cargo mais alto do Banco Mundial.

A nomeação de Ngozi Okonjo-Iweala ocorreu depois que o governo do presidente Joe Biden, dos Estados Unidos, deixou de apoiar uma candidata sul-coreana favorita de seu predecessor, Donald Trump. A candidata desistiu de concorrer em fevereiro.

Okonjo-Iweala deve assumir o posto, que estava vago desde agosto do ano passado, no dia 1º de março. Na reunião de segunda-feira, ela disse que a cooperação entre os países-membros é necessária para lidar com os problemas econômicos resultantes da pandemia de Covid-19.