NHK Responde: Condições de saúde pré-existentes que devem ter prioridade no programa de vacinação contra Covid-19 no Japão

A NHK responde a perguntas dos ouvintes sobre o novo coronavírus. Nesta edição, trazemos até vocês a sétima parte da nossa série sobre vacinação. Vamos observar quais condições de saúde pré-existentes devem ter prioridade no programa de vacinação contra a Covid-19 do Japão.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social elaborou uma lista de condições de saúde. Incluem-se aí doenças crônicas do coração e dos rins, distúrbios respiratórios, doenças que causam danos à imunidade, como, por exemplo, o câncer, e apneia do sono. Pessoas hospitalizadas ou que consultam o médico periodicamente terão prioridade.

As autoridades não exigirão que os pacientes submetam atestados para comprovar suas condições de saúde. Eles precisam apenas preencher um questionário.

Pessoas com índice de massa corporal (BMI) igual ou acima de 30 também terão prioridade. Estima-se que o número de adultos que se enquadram nesta categoria de obesidade ou apresentam as condições pré-existentes seja em torno de 8,2 milhões de pessoas no Japão.

Estas informações são referentes ao dia 16 de fevereiro. Elas estão disponíveis no site do serviço em português da NHK WORLD-JAPAN na internet e na página oficial da NHK no Facebook.