Japão começará vacinação para o coronavírus na quarta-feira

O primeiro-ministro do Japão anunciou que a campanha de vacinação contra o coronavírus no país começa quarta-feira com a aplicação da vacina em profissionais da medicina.

Ao fazer o anúncio nesta segunda-feira em encontro da comissão orçamentária da Câmara Baixa do Parlamento, Suga Yoshihide afirmou que o governo fará o máximo esforço para oferecer à população uma aplicação segura e eficaz das doses tão rápido quanto possível.

No domingo, o governo japonês deu o sinal verde para a vacina que foi desenvolvida pela companhia farmacêutica americana Pfizer.

O ministro da Reforma da Regulamentação, também responsável pelo programa de vacinação do Japão, explicou que um grande número de governos provinciais e municipais planeja executar as inoculações de forma mista, tanto em locais de vacinação em massa como em estabelecimentos médico-hospitalares.

Kono Taro disse que, a princípio, a Pfizer mostrou-se contrária à realização das inoculações separadamente, já que a vacina precisa ser mantida à temperatura de 75 graus abaixo de zero em seu transporte e armazenagem. Explicando, porém, que o laboratório já aprovou o método, pediu aos governos provinciais e municipais que deem prosseguimento à campanha.