Têm início no Japão as negociações anuais de sindicatos industriais

Com o início das negociações salariais realizadas anualmente em meados do primeiro semestre, neste ano, os sindicatos de trabalhadores do setor industrial do Japão não vão pedir aumentos. Em vez disso, os sindicatos vão focar seus esforços em pedidos para melhorar as condições de trabalho, conscientes do efeito da pandemia de coronavírus nos negócios.

Na sexta-feira, na manufatureira de indústria pesada IHI Corporation, representantes de sindicatos fizeram uma apresentação à gerência em Tóquio.

A cerimônia de costume não foi realizada e, em vez de entregarem um documento, os sindicalistas simplesmente leram seus pedidos em voz alta.

Pela primeira vez em oito anos eles não pediram um aumento do salário-base. Isto foi em reconhecimento do prejuízo nos lucros do setor aeroespacial, que é crucial para a empresa.

Os empregados estão pedindo melhorias no local de trabalho, incluindo um novo sistema de licença-saúde para pessoas que contraírem o vírus e precisarem ficar em casa.