Gigante japonesa de cosméticos registra prejuízo líquido em 2020

A Shiseido registrou perda líquida em 2020, em meio à pandemia de coronavírus.

O prejuízo da gigante japonesa de cosméticos totalizou 11,6 bilhões de ienes, ou cerca de 110 milhões de dólares. Trata-se da primeira perda líquida da Shiseido desde o trimestre de janeiro a março de 2013. As vendas tiveram retração de 18,6% em relação ao anterior, atingindo 8,8 bilhões de dólares aproximadamente.

O fato de os consumidores passarem mais tempo em casa durante a pandemia contribuiu para o recuo nas vendas. Outro fator é a significativa queda no número de visitantes estrangeiros no Japão. A empresa também registrou resultados adversos nos mercados da Europa e dos Estados Unidos.

A Shiseido planeja reforçar sua linha de produtos para tratamento de pele, já que é esperado que as pessoas continuem usando máscaras de proteção no futuro próximo. Também planeja dar maior ênfase à publicidade online.