Movimento pró-democracia liderado por estudantes realiza grande protesto em Bangcoc

Um movimento pró-democracia liderado por estudantes na Tailândia realizou um grande protesto, na quarta-feira, em Bangcoc. Trata-se da primeira manifestação desse porte em cerca de dois meses.

Multidões saíram às ruas da capital tailandesa em sinal de protesto contra a detenção de quatro líderes pró-democracia no dia anterior. Eles foram acusados de difamar a monarquia.

No ano passado, jovens ativistas realizaram manifestações antigoverno regularmente, exigindo a renúncia do primeiro-ministro Prayut Chan-o-cha e a reforma da monarquia. Entretanto, eles suspenderam a realização de grandes protestos em dezembro, após o recrudescimento das infecções de coronavírus na Tailândia.

O número de participantes da manifestação de quarta-feira aumentou para milhares à medida que ocupavam as ruas no centro da cidade. Eles apelaram à abolição da lei de lesa-majestade do país e exigiram a reforma da monarquia, além da libertação dos líderes detidos e da renúncia de Prayut.

À noite, os manifestantes se dirigiram à delegacia de polícia em que os quatro líderes encontram-se detidos. Eles entraram em confronto brevemente com uma unidade policial no local. No entanto, os manifestantes se dispersaram após comunicar suas exigências.