Relatório da OMS afirma que existem três variantes do coronavírus se disseminando pelo mundo

A Organização Mundial da Saúde afirma que três variantes do coronavírus estão se disseminando pelo mundo, e que foi identificada também uma “mutação de escape” que pode tornar as vacinas contra o vírus menos eficazes.

O relatório da OMS afirma que, até terça-feira, a variante incialmente encontrada no Reino Unido já foi confirmada em 83 países e regiões. Trata-se de um aumento de oito países em comparação com a semana anterior. Uma outra variante incialmente detectada na África do Sul foi confirmada em 37 países e regiões, em aumento de três localidades comparado com a semana passada. Outra variante encontrada no Brasil e no Japão foi confirmada em 14 países e regiões, com aumento de quatro nações em relação à semana anterior.

O documento explica que a mutação primeiramente encontrada nas variantes da África do Sul e do Brasil também foi detectada na variante do Reino Unido. A chamada “mutação de escape” pode diminuir a eficácia de anticorpos.

A OMS afirma que vai estudar o impacto das variantes na eficácia das vacinas e ressaltou a importância da continuidade de rigorosas medidas anti-infecção.