Salários no Japão registraram queda em 2020 por causa da pandemia de coronavírus

Trabalhadores no Japão sentiram uma queda em seus salários em 2020, já que a pandemia de coronavírus atingiu em cheio a economia do país.

Foi o que mostraram os resultados de um levantamento do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social divulgado na terça-feira. Números preliminares mostram que o salário médio mensal, incluindo horas extras e bonificações, caiu 1,2% em relação ao ano anterior, chegando a 318.299 ienes, ou cerca de três mil dólares.

Trata-se de um recuo salarial pelo segundo ano consecutivo. Foi também a segunda maior queda desde 2009, quando os contracheques “encolheram” 3,8% após a crise financeira global.

Horas extras e outros tipos de pagamento foram duramente atingidos no ano passado, caindo 12,1%, para cerca de 165 dólares mensais.