Ministro da Defesa do Japão pede desculpas por colisão envolvendo submarino

O ministro da Defesa do Japão, Kishi Nobuo, se desculpou por uma colisão entre um submarino da Força Marítima de Autodefesa e um navio comercial nas águas da costa sudoeste do país.

O submarino Souryu e o navio colidiram na segunda-feira ao largo do Cabo Ashizuri, na província de Kochi. O submarino ficou parcialmente danificado e três membros de sua tripulação sofreram ferimentos leves.

Em entrevista concedida a repórteres nesta terça-feira, Kishi disse que ele sentia muito pelo fato de o acidente ter gerado uma ansiedade em meio ao público. Adicionou que a Guarda Costeira do Japão está investigando as causas da colisão e que o Ministério da Defesa e as Forças de Autodefesa do Japão irão cooperar completamente com a investigação.

Kishi também declarou que um comitê de investigação de acidentes será criado dentro do Escritório do Estado-Maior da Força Marítima de Autodefesa, que faz parte do ministério, para investigar o acidente e evitar uma reincidência.