Governo japonês vai utilizar fundos de reserva para auxiliar negócios afetados pela pandemia

O governo japonês planeja destinar mais de 10 bilhões de dólares de seus fundos de reserva para auxiliar negócios cujas operações têm sido afetadas em meio à pandemia de coronavírus. O montante foi reservado no ano fiscal de 2020.

A decisão nesse sentido foi tomada pelos ministros de gabinete na terça-feira. Eles planejam alocar cerca de 8,4 bilhões de dólares para bares e restaurantes que estão cumprindo o pedido do governo para que encurtem seus horários de funcionamento. Cada estabelecimento receberia até em torno de 17 mil dólares mensais.

A decisão segue-se à extensão do segundo estado de emergência em Tóquio e em várias outras províncias do país por causa da pandemia.

Outra parte dos fundos de reserva será destinada para um subsídio com pagamento único para outros tipos de negócios afetados pelas medidas de emergência. Empresas de pequeno e médio porte podem receber até cerca de 5,7 mil dólares. Para empresários individuais, o pagamento máximo será de 2,9 mil dólares aproximadamente. Espera-se que os gastos com o auxílio totalizem por volta de 2,4 bilhões de dólares.