Equipe da OMS está em estágio final do seu levantamento em Wuhan

Especialistas da Organização Mundial da Saúde (OMS) estão quase concluindo a vistoria em locais de Wuhan relacionados com a pandemia do coronavírus. A expectativa é de que partam da cidade chinesa na quarta-feira.

A equipe da OMS iniciou em 29 de janeiro em Wuhan a sua investigação sobre as origens do novo vírus.

Esteve no mercado de pescados em que um grande número de pessoas contraíram a Covid-19 no surto inicial.

Também foi ao Instituto Wuhan de Virologia, no qual entrevistou funcionários. O instituto é conhecido por pesquisas sobre vários coronavírus que infectam morcegos.

Um integrante da equipe e várias outras fontes informaram que os especialistas concluíram suas inspeções in loco e que agora analisam os dados obtidos.

A OMS esclareceu que a equipe só está autorizada a examinar locais e conversar com indivíduos em conformidade com ajustes feitos com autoridades chinesas. Os especialistas levaram bastante tempo observando instalações indicadas pelo governo. Entre os locais está uma exibição que mostra esforços para conter o surto sob a liderança do Partido Comunista.

Em declaração citada pela agência de notícias Reuters, um integrante da equipe afirma que é necessário um trabalho maior para “examinar novamente o que sabemos e avaliar todos os dados”. O entrevistado acrescenta: “Vai haver uma série de projetos de prazo mais longo, o que poderá levar alguns anos para concluir.”