Comentário de líder do comitê organizador dos jogos olímpicos em Tóquio gera queixas da população

Autoridades de Tóquio estão recebendo muitas queixas em razão de um comentário sobre mulheres proferido pelo líder do comitê organizador da Olimpíada e Paralimpíada de Tóquio. Alguns voluntários declararam que vão deixar o evento.

Mori Yoshiro disse durante uma reunião do Comitê Olímpico Japonês na quarta-feira que reuniões de diretoria com a participação de mulheres demoravam muito tempo pois elas falavam demais. Ele se retratou pelo comentário e pediu desculpas na quinta-feira, dizendo que foi algo inapropriado e contrário ao espírito dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

Autoridades de Tóquio realizando preparativos para os Jogos declararam ter recebido mais de 200 reclamações por telefone até a tarde de sexta-feira. As pessoas contestaram o comentário, afirmando que o teor era inapropriado e que elas estavam desapontadas. Segundo as autoridades, algumas pessoas exigiram a renúncia de Mori, questionando a postura de Tóquio como cidade sede caso Mori permaneça como chefe do comitê organizador.