NHK Responde: Vacinações (5) - Procedimentos da vacinação

A NHK vem respondendo a perguntas dos nossos ouvintes sobre o novo coronavírus. Hoje apresentamos a quinta parte de nossa série sobre vacinação. A pergunta de hoje é como será o procedimento da vacinação no Japão.

Para a vacinação em massa, o indivíduo deverá primeiramente apresentar na recepção um cupom que será enviado às residências pela prefeitura de cada município, e confirmar sua identidade através de um documento como a carta de motorista ou o cartão de seguro-saúde, entre outros.

Em seguida a pessoa deverá preencher um questionário sobre suas condições de saúde, histórico médico, e depois ser examinada para averiguar se poderá tomar a vacina.

Se não houver problemas até este estágio, a pessoa poderá então ser vacinada. Espera-se que a vacinação leve até dois minutos por pessoa.

Após tomar a injeção, cada indivíduo receberá um certificado indicando a data e o nome da vacina recebida. Este documento será exigido quando a pessoa tomar a segunda dose da vacina.

É importante lembrar que as pessoas vacinadas não poderão voltar imediatamente para casa. O ministério requer que as pessoas fiquem no local por mais de quinze minutos após a vacinação, numa área específica, para que suas condições sejam observadas.

Segundo testes clínicos realizados no exterior, algumas pessoas que tomaram a vacina que será fornecida ao Japão disseram ter sentido dor de cabeça ou fatiga após receber a dose da vacina. Em casos raros, choques anafiláticos envolvendo reações alérgicas graves à vacina também foram registrados nos Estados Unidos e em outros países.

Postos de assistência serão criados nos locais de vacinação para o caso de alguém passar mal após ser vacinado.

Esta informação foi atualizada no dia 5 de fevereiro.