Painel de especialistas do governo de Tóquio alerta sobre aumento de infecções entre idosos

Um painel de especialistas em questões do coronavírus do Governo Metropolitano de Tóquio disse que é necessário efetuar uma implementação minuciosa de medidas contra o vírus, citando o aumento do número de infecções entre pessoas idosas.

Em uma reunião realizada na quinta-feira, os membros do painel concluíram que os níveis mais altos de alerta para infecções e sistemas de cuidados médicos devem ser mantidos.

Eles disseram, também, que o número médio semanal de novas infecções reportado na quarta-feira foi de 684, o que corresponde a uma queda em comparação com a média semanal de três semanas atrás, de 1.699, de duas semanas atrás, de 1.471, e de uma semana atrás, de 1.015. Contudo, observaram que o número ainda continua alto.

Os especialistas também indicaram que a população necessita permanecer em elevado alerta, citando o aumento de focos de infecções entre pessoas de idade avançada em hospitais e instituições de cuidados, assim como o surgimento de infecções em idosos causadas por outros membros da família.

O painel afirmou que reduzir o número de novas infecções também é muito importante para garantir pessoal médico que possa administrar as vacinas contra o coronavírus.

Referindo-se ao sistema de cuidados médicos, o painel observou que a situação crítica permanece sem mudanças, uma vez que não há sinais de queda no número de internados. Ressaltou também a importância de fazer esforços para reduzir o número de pacientes em condições graves, dando enfoque à redução de infecções entre os idosos que apresentam alto risco de desenvolver sintomas sérios.