Japão e Reino Unido decidem fortalecer laços de segurança nacional

O Japão e o Reino Unido decidiram intensificar a cooperação mútua para garantir a manutenção do livre acesso à região do Índico e do Pacífico, levando em consideração as crescentes atividades marítimas da China.

Conversaram por cerca de duas horas em teleconferência na quarta-feira os ministros dos Negócios Estrangeiros e da Defesa do Japão, Motegi Toshimitsu e Kishi Nobuo, e os titulares de mesmas pastas do Reino Unido, Dominic Raab e Ben Wallace. Foi o quarto encontro no formato ‘dois mais dois’ entre os dois países.

O chanceler Motegi afirmou que ambas as nações compartilham valores e princípios básicos. Definiu a cooperação bilateral como mais importante do que nunca a fim de fortalecer uma ordem internacional livre e aberta, baseada em regras.

O ministro da Defesa do Japão manifestou preocupação com uma nova lei promulgada pela China que autoriza o emprego de armamentos pela Guarda Costeira nacional. Kishi Nobuo acentuou que será inaceitável o uso da lei em violação ao direito internacional.

Os quatro ministros expressaram preocupações mútuas com a situação nos Mares da China Oriental e Meridional, concordando em se opor fortemente a quaisquer iniciativas unilaterais que tenham o objetivo de mudar o status quo.