EUA e Rússia estendem acordo nuclear por mais 5 anos

Os Estados Unidos e a Rússia anunciaram a extensão de seu principal acordo nuclear por mais cinco anos.

Os dois países afirmaram, na quarta-feira, que finalizaram os procedimentos para a extensão do Novo Start – Tratado de Redução de Armas Estratégicas – até 5 de fevereiro de 2026. O acordo obriga as duas partes a reduzirem suas ogivas nucleares estratégicas posicionadas para um limite de até 1.550. Também estabelece um limite de até 800 para o número de mísseis balísticos e outros lançadores.

Em recente declaração, o secretário de Estado americano Antony Blinken afirmou: “A extensão do Novo Start torna os Estados Unidos, seus aliados e o mundo todo mais seguro”. Além disso, ele também prometeu que seu país vai “buscar mais controle de armamentos para reduzir os perigos do moderno e crescente arsenal nuclear da China”.

Os Estados Unidos têm expressado grande preocupação a respeito da crescente capacidade nuclear chinesa, que inclui mísseis balísticos de médio alcance. Washington continua a insistir que Pequim faça parte da movimentação em prol de controle de armamentos nucleares. A China, no entanto, rejeitou os pedidos.