Reino Unido irá solicitar oficialmente sua adesão à TPP

O governo britânico diz que irá solicitar oficialmente sua adesão à Parceria Transpacífica (TPP, na sigla em inglês) para ampliar e aprofundar os laços comerciais com a região Ásia-Pacífico.

A secretária britânica de Comércio Internacional, Elizabeth Truss, deve efetuar a solicitação oficial após realizar conversações com suas contrapartes do Japão e da Nova Zelândia na segunda-feira. O Japão é o país que está presidindo o grupo, e a Nova Zelândia atua como coordenadora da TPP formada por 11 países, também conhecida como Acordo Abrangente e Progressivo para a Parceria Transpacífica.

O Reino Unido, que deixou a União Europeia há um ano, vem tentando expandir sua economia por meio do fortalecimento de relações com países fora do grupo europeu.

O país assinou um acordo de parceria econômica com o Japão em outubro passado e vinha mostrando um grande interesse em se juntar à TPP. O Reino Unido será o primeiro país a solicitar oficialmente sua adesão, além dos países fundadores da iniciativa.