Premiê do Japão declara estado de emergência em 7 outras províncias

O primeiro-ministro do Japão, Suga Yoshihide, declarou estado de emergência em sete outras províncias, com o objetivo de conter o alastramento do coronavírus.

A declaração ocorreu durante uma reunião da força-tarefa do governo na quarta-feira à noite.

Suga afirmou que possui um forte sentimento de urgência, já que os casos de infecção estão aumentando muito não somente em Tóquio, mas também nas regiões central e oeste do país. Ele ressaltou a necessidade de adotar medidas preventivas antes que as infecções se disseminem em todo o país a partir de grandes centros urbanos.

As sete províncias adicionais são: Osaka, Hyogo, Kyoto, Aichi, Gifu, Fukuoka e Tochigi. O estado de emergência declarado na semana passada abrange Tóquio e três províncias vizinhas.

O estado de emergência em todas as 11 províncias continuará em vigor até o dia 7 de fevereiro.

Suga Yoshihide pediu aos governos locais que adotem medidas apropriadas dependendo das necessidades de cada região.

O premiê prometeu que o governo central os apoiará, caso seja preciso.