Animação “Kimetsu no Yaiba” impulsiona previsão de lucro de sua companhia cinematográfica

A companhia cinematográfica Toho, uma das principais do Japão, está aumentando sua previsão de lucro graças ao enorme sucesso do longa-metragem de animação “Kimetsu no Yaiba”, ou “Demon Slayer”. Isso ocorre mesmo em meio à contínua pandemia de coronavírus, que lançou uma sombra sobre a indústria cinematográfica.

Na terça-feira, funcionários da Toho divulgaram sua previsão de ganhos. Eles esperam um lucro líquido anual até fevereiro no valor de 14 bilhões de ienes, ou cerca de 135 milhões de dólares. Trata-se de uma alta superior a 50% em relação à sua última previsão.

“Kimetsu no Yaiba” é o filme de maior bilheteria de todos os tempos no Japão, tendo faturado quase 320 milhões de dólares no ano passado. Ele é baseado em uma popular série de mangá sobre um garoto de enfrenta demônios por volta de um século atrás.

O vice-presidente da Toho, Tako Nobuyuki, descreveu a obra como “uma verdadeira salvação” para a empresa, afirmando que ela enfrentaria uma situação bem mais complicada sem o filme.