Precipitação de neve perde força mas pode continuar em amplas áreas do Japão

Meteorologistas afirmam que a precipitação de neve sobre a província de Niigata e sobre a região de Hokuriku já ultrapassou o pico previsto, mas alertam que os residentes locais devem permanecer cautelosos.

A Agência de Meteorologia do Japão informou que um forte padrão de pressão atmosférica e uma massa de ar extremamente frio causaram quedas de neve na costa voltada para o Mar do Japão.

Especialistas afirmam que a neve atingiu o pico previsto após ter se intensificado até a manhã desta segunda-feira na província de Niigata e na região de Hokuriku, que observaram quedas recordes de neve. O acúmulo de neve na maioria dos pontos de observação dessas áreas foi de cerca do dobro ou até mesmo do triplo da quantidade média registrada para esta época do ano.

A agência pede que a população permaneça atenta a possíveis interrupções do sistema de transporte e a problemas no tráfego devido ao acúmulo de neve ou ao congelamento das vias. Alertam também para os riscos de neve que cai dos telhados e possíveis avalanches.

Além disso, um sistema de baixa pressão que se move ao longo da costa do Pacífico, a partir da noite de segunda-feira até terça, pode trazer quedas de neve para as regiões de Kyushu, Shikoku, Kansai, Tokai, bem como para áreas montanhosas da região de Kanto-Koshin, ao redor de Tóquio.

Especialistas aconselham a população a verificar informações atualizadas sobre a previsão do tempo e a tomar os devidos cuidados.