Apoiadores de Donald Trump invadem o Congresso dos EUA

Apoiadores do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, invadiram o Capitólio, em Washington, onde legisladores certificavam por meio de uma contagem de votos a vitória do presidente eleito Joe Biden. Os procedimentos foram temporariamente suspensos, mas o Congresso retomou as atividades após a restauração da ordem no recinto.

A multidão passou por barricadas da polícia e invadiu as galerias. Posteriormente, abriu caminho até as câmaras do Senado, a Casa dos Representantes e os escritórios de alguns legisladores.

Segundo a imprensa americana, quatro pessoas morreram, incluindo uma mulher que havia sido baleada.

A prefeita de Washington, Muriel Bowser, impôs toque de recolher em toda a cidade. A polícia de choque e soldados da Guarda Nacional foram destacados para ajudar a proteger a área.

Trump havia convocado um grande protesto na capital, na quarta-feira. Contudo, ele divulgou uma mensagem em vídeo mais tarde pedindo que os manifestantes voltassem para casa, além de repetir suas alegações sem provas de que houve fraude eleitoral.

A sessão conjunta do Congresso foi convocada para a contagem de votos dos 538 delegados escolhidos em cada estado – certificando oficialmente os resultados da eleição de novembro. Normalmente, os procedimentos são completados rapidamente, mas eles foram suspensos e os membros do Congresso, evacuados do edifício.