Japão registra recorde de mais de 6 mil casos diários de coronavírus

Autoridades japonesas reportaram a ocorrência de 6.001 casos diários de infecções pelo coronavírus na quarta-feira, um novo recorde no país. O aumento no número de casos tem gerado preocupação de que o sistema de saúde do Japão possa estar chegando ao limite.

A elevação de casos ocorre logo no momento em que o governo central do Japão se prepara para declarar novo estado de emergência para Tóquio e outras três províncias vizinhas — Kanagawa, Saitama e Chiba. Juntas, essas quatro áreas representam metade das infecções diárias registradas no país. Uma decisão final deve ser tomada ainda nesta quinta-feira.

A declaração provavelmente entrará em vigor a partir de sexta-feira até 7 de fevereiro. A medida concede a governadores provinciais autoridade legal para requisitar a cooperação dos moradores em relação aos esforços de prevenção do alastramento do vírus.

Os quatro governadores provinciais vão pedir que a população evite saídas não essenciais após as 20h. Também vão solicitar que bares e restaurantes fechem no mesmo horário. Não haverá pedido para o fechamento de escolas.

O governo do Japão pretende reforçar as restrições sobre o número de espectadores permitidos em eventos ao vivo e também pedirá que as empresas incentivem o esquema de trabalho remoto.

Nakagawa Toshio, presidente da Associação Japonesa de Medicina, espera que a medida diminua a pressão sobre o sistema de saúde do país, mas alerta que mais ações podem ser necessárias. Ele afirmou: “Dependendo da forma como o vírus continue a se espalhar, é possível que tenhamos que considerar declaração de estado de emergência em todo o Japão”.