Governadora de Tóquio pede por colaboração do comércio com estado de emergência

A governadora de Tóquio Koike Yuriko afirmou esperar que restaurantes e bares adotem, em número maior do que antes, o pedido do governo metropolitano de encurtar os horários de funcionamento uma vez que o estado de emergência seja declarado.

O governo está pedindo que restaurantes e bares antecipem seu horário de fechamento das 22:00 para as 20:00 horas.

A governadora da capital japonesa declarou que é importante garantir uma implementação efetiva do pedido.

Koike disse estar um pouco preocupada com relação aos restaurantes – aos quais foi pedido que parem de servir bebidas alcoólicas às 19:00 horas – e se serão capazes de atender a este difícil pedido prontamente.

Disse ainda que, enquanto a declaração do estado de emergência permitirá que os governadores das províncias adotem restrições mais rigorosas, a medida continuará sendo apenas um pedindo, não podendo ser imposta.

Lembrando que o governo planeja revisar a lei nacional especial contra o coronavírus, Koike disse esperar que o estado de emergência envie uma mensagem mais forte ao público.