Finalizada a pena de morte do assassino serial de Zama

Um homem acusado de matar nove pessoas em seu apartamento nas imediações de Tóquio teve sua pena de morte finalizada.

Em dezembro, o tribunal de Tachikawa, da Corte Distrital de Tóquio, havia sentenciado Shiraishi Takahiro, de 30 anos, à pena de morte. O tribunal informou que o prazo para o apelo da sentença expirou na segunda-feira.

Os restos mortais de oito mulheres e um homem, com idades entre 15 e 26 anos, foram encontrados no apartamento de Shiraishi na cidade de Zama, província de Kanagawa, em 2017. Ele havia se utilizado de redes sociais para entrar em contato com mulheres que postavam mensagens com intenções suicidas. O réu recebeu acusações múltiplas, incluindo ataques sexuais, assassinatos e abandono de restos mortais das vítimas em caixas térmicas de plástico.

O tribunal disse que o caso chocou e gerou desconforto na era das redes sociais, e que os crimes chamam a atenção por sua natureza brutal.

Advogados de defesa haviam apelado da sentença, mas, posteriormente, Shiraishi retirou o apelo.