Reino Unido inicia inoculação com vacina desenvolvida pela AstraZeneca e Universidade de Oxford

Um homem de 82 anos de idade se tornou a primeira pessoa no Reino Unido a receber a vacina para a Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca junto com a Universidade de Oxford.

O mais recente acontecimento ocorreu na segunda-feira, mesmo dia em que autoridades reportaram mais de 50.000 novos casos pelo sexto dia consecutivo após o aparecimento no país de uma nova cepa do vírus. O primeiro-ministro Boris Johnson anunciou um novo lockdown em toda a Inglaterra na segunda-feira.

No mês passado, o Reino Unido havia aprovado uma outra vacina, desenvolvida pela Pfizer e BioNTech. A vacina da AstraZeneca com a Universidade de Oxford pode ser armazenada em temperaturas normais de refrigeradores, tornando sua distribuição e armazenamento mais fáceis do que são para a vacina da Pfizer.