Chanceler do Japão vai visitar 8 países da América Latina e África

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Motegi Toshimitsu, vai visitar países da América Latina e da África visando promover uma “região do Indo-Pacífico livre e aberta” – uma iniciativa defendida pelo governo japonês.

Entre os dias 4 e 14 deste mês, Motegi visitará oito países: México, Uruguai, Argentina, Paraguai, Brasil, Senegal, Nigéria e Quênia.

Na América Latina, o chanceler planeja discutir com seus colegas como responder à pandemia de coronavírus. Motegi Toshimitsu também tem por objetivo promover laços econômicos mais estreitos e debater como melhorar o ambiente de negócios para empresas japonesas na região. Ele espera ainda discutir meios de reforçar a cooperação com cada país por meio das comunidades locais com grande número de descendentes de japoneses.

Na África, o ministro planeja discutir a cooperação com a próxima edição de uma conferência sobre desenvolvimento encabeçada pelo Japão, conhecida como Ticad, que será realizada no ano que vem na Tunísia. Motegi e os ministros dos países africanos também debaterão meios de estreitar laços comerciais.

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão espera impulsionar a cooperação visando manter e expandir a ordem internacional baseada em regras. Ele está de olho na China, que tem aumentado sua presença nas regiões tidas como detentoras de alto potencial econômico.