Tóquio e 3 províncias vizinhas vão finalizar elaboração de medidas mais rigorosas contra coronavírus

Segundo relatos, Tóquio e três províncias vizinhas estão próximas de finalizar a elaboração de medidas mais rigorosas visando conter o alastramento do coronavírus. Entre elas está a solicitação para que bares e restaurantes fechem às 20h.

As medidas foram sugeridas no sábado pelo ministro da Revitalização Econômica Nishimura Yasutoshi. Ele também é encarregado pela resposta ao coronavírus.

Nishimura pediu aos governadores de Tóquio, Saitama, Chiba e Kanagawa que adotem novas medidas. Os mandatários provinciais, por sua vez, se reuniram com o ministro para solicitar ao governo central que considere declarar estado de emergência para suas regiões.

Fontes próximas ao governo metropolitano de Tóquio dizem que funcionários governamentais consideram solicitar a bares e restaurantes que adiantem seu horário de fechamento em duas horas, em relação ao horário atualmente requisitado das 22h.

As fontes dizem que consultas têm ocorrido entre Tóquio e as três províncias em que casos de infecção estão aumentando. Funcionários governamentais estariam discutindo se as três províncias teriam meios de adotar as mesmas medidas que a capital japonesa considera implementar.

Funcionários governamentais de Tóquio esperam trabalhar em conjunto com as três províncias para atingir o máximo de progresso contra o vírus, por meio da combinação de várias medidas para conter o movimento de pessoas.

O governo metropolitano de Tóquio espera anunciar os pormenores após concluir as conversações com as províncias.

Discussões incluirão a questão do valor do auxílio financeiro que cada província vai fornecer a bares e restaurantes que acatarem o pedido de fechamento antecipado.