Pandemia dificulta processo de seleção de atletas japoneses para Jogos de Tóquio

A pandemia do coronavírus está obstruindo o processo de seleção dos atletas japoneses para a Olimpíada de Tóquio deste ano, uma vez que muitos eventos classificatórios vêm sendo adiados ou cancelados.

Os Jogos devem ter início em 7 meses, mas o Japão conseguiu selecionar somente 20 por cento de seus atletas.

Uma pesquisa realizada pela NHK mostra que 117 atletas japoneses foram escolhidos para 13 esportes, de um total de 33. A equipe olímpica do país deve contar com cerca de 600 integrantes. As vagas para judô, tênis de mesa, taekwondo, escalada esportiva e ciclismo já foram preenchidas, mas a taxa como um todo continua baixa.

Para os esportes cujos eventos domésticos são essenciais no processo de seleção, como natação e atletismo, será fundamental que sejam realizados campeonatos nacionais e outros principais torneios remanescentes, conforme planejado.

Já as datas para alguns eventos internacionais relacionados à classificação para os Jogos ainda têm de ser determinadas. Muitos funcionários de associações esportivas afirmam também que não se sabe se suas competições serão realizadas conforme planejado, devido à contínua disseminação do coronavírus.