Japão deve revisar meta de redução de gases de efeito estufa a médio prazo

Em 2021, o governo japonês deve revisar sua meta, a médio prazo, para reduzir as emissões de gases de efeito estufa em 26 por cento até o ano fiscal de 2030, em relação aos níveis do ano fiscal de 2013.

O Japão planeja acelerar os esforços para neutralizar as emissões de carbono em 2050, analisando as medidas necessárias e delineando um plano de ação concreto.

Autoridades do governo esperam propor um número maior até o segundo semestre deste ano e submetê-lo às Nações Unidas, acompanhado de medidas específicas. Elas esperam anunciar uma nova meta na conferência mundial sobre mudanças climáticas, COP26, programada para novembro no Reino Unido.