Governo da China homologa primeira vacina para a COVID-19

O governo da China homologou uma vacina contra o coronavírus desenvolvida no país, explicando que a substância foi aprovada em testes de segurança e eficácia.

É a primeira vez que Pequim autoriza o uso de uma vacina para a Covid-19.

O vice-comissário da Administração Nacional de Produtos Médicos, Chen Shifei, declarou quinta-feira a jornalistas que a vacina foi desenvolvida pelo Instituto de Produtos Biológicos de Pequim, afiliado à farmacêutica estatal Sinopharm.

A homologação foi concedida sob as condições de que testes clínicos tenham prosseguimento e de que dados obtidos sejam comunicados às autoridades.

O instituto responsável teria afirmado que, de acordo com resultados clínicos intermediários, a vacina tem eficácia de 79,34% e atende a critérios estabelecidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Informações publicadas pela OMS mostram que a vacina inativa é ministrada por injeção intramuscular, como outras modalidades já homologadas nos Estados Unidos e na Europa. Uma segunda inoculação deve ser feita três semanas após a primeira.