Fábricas permanecem em trajetória de recuperação na China

Na China o setor industrial desacelerou-se em dezembro, mas permaneceu em uma trajetória de crescimento que já permitiu uma recuperação dos efeitos da crise viral.

O Birô Nacional de Estatísticas da China informou nesta quinta-feira que, em dezembro, o Índice de Gerentes de Compras foi de 51,9 pontos. Houve queda de 0,2 ponto em relação ao mês anterior, porém o índice ficou acima da marca de 50 pontos que separa crescimento e retração pelo décimo mês seguido.

Autoridades dizem que o desempenho da produção industrial e de novos pedidos foi elevado em uma ampla variedade de áreas, como de computadores e equipamento de telecomunicações. Acrescentaram que o subíndice correspondente a novos pedidos de exportação também excedeu 50 — o patamar divisório entre crescimento e retração.

A atividade industrial na China está em trajetória de recuperação desde que o surto do coronavírus em fevereiro fez o índice atingir o seu mais baixo nível desde o início da série de registros, em 2005.