Trens deixarão de funcionar durante toda a noite em Tóquio na virada do ano

Companhias ferroviárias que operam na região metropolitana de Tóquio afirmaram que seus trens deixarão de funcionar durante toda a noite na virada do ano por causa da pandemia de coronavírus.

A JR Leste vai suspender os serviços na linha Yamanote, entre outras, além de um trem especial que funciona para coincidir com o primeiro nascer do sol do ano.

Outras companhias, incluindo Tokyo Metro, Keio, Keikyu, Keisei e Tokyo Waterfront Area Rapid Transit – que opera a linha Rinkai –, também deixarão de oferecer os serviços no Réveillon.

Os governadores de Tóquio e outras três províncias que circundam a capital japonesa requisitaram às companhias ferroviárias que não disponibilizem seus trens durante toda a noite.

Templos budistas, santuários xintoístas e eventos sazonais costumam atrair grandes multidões na região de Tóquio na virada do ano. No entanto, em meio à pandemia de coronavírus, santuários e templos pedem às pessoas que programem suas visitas para as próximas semanas para evitar congestionamento. Alguns desses locais vão fechar os portões de entrada a partir da noite de 31 de dezembro até a manhã do dia 1º de janeiro.

Telões para publicidade em prédios voltados para o famoso cruzamento localizado em torno da estação de trem de Shibuya, na capital japonesa, serão desligados mais rapidamente que de hábito no Réveillon. Trata-se de parte dos esforços para desestimular a concentração de pessoas.